Mel Gama






Mel Gama

Arte Digital Mel Gama

FAQ
(Tire suas dúvidas!)

MENU




Minha Família: mamãe,  mozão Alvaro, meu filho Ygor e meu totó Toy.

Nome:
Mel Gama

Niver:
03/02/62 - Aquariana
Aquário

Cidade:
Rio de Janeiro - Brasil
Rio de Janeiro

Minha Alma Gêmea :
Meu marido Alvaro
Eu e meu mozão

Religião:
Espírita Kardecista
Allan Kardec

Adoro:
Meu mozão Alvaro, minha mãezinha Laysi, meu filhote Ygor Bruno, meu anjo Ritinha. meu totó Toy (que me deixou mas que vou amar pra sempre... ), Princesinha linda e meu netinho Juan.
Adoro sol, praia e calor! Adoro gente jovem, nem que seja só jovem de espírito - tem que tentar ser feliz!
Alvaro LaysiYgor BrunoRitinha
ToyPrincesa
Juan

Detesto:
Inveja, ingratidão, chuva, frio, pessoas arrogantes, insensíveis, malvadas e chatas. ODEIO deixar coisas mal resolvidas ou deixar pra fazer amanhã o que posso fazer hoje!

Qualidades:
Carinhosa, meiga, apaixonada, alegre e extrovertida.

Defeitos:
Ciumenta, apressada, chorona, impaciente e muito exigente comigo mesma.

Coisas que adoro fazer:
Namorar; beijar muiitttoooo; ir à praia; ficar em casa à toa; assistir a um bom DVD deitada na minha caminha com meu mozão e meu filhote;acordar bem cedinho; manipular imagens; fuxicar a internet; comer porcaria; aprender coisas sozinha.

Coisas que detesto fazer:
Dormir muito tarde; ficar sem dormir; experimentar comidas novas; lavar a louça; brigar; comer doce; ver gente judiando de animais e velhinhos; ficar pensando em como seria algo que não fiz; sonhar com coisas que nunca poderia ter.

Momentos inesquecíveis:
Minha gravidez, o nascimento e poder viver ao lado de meu filho; o dia que descobri que encontrei minha alma gêmea; meu aniversário de 18 anos com minha mãe no Club Med de Itaparica.

Momentos que quero esquecer:
O dia do acidente em que meu pai morreu; quando tive de comprar a cadeira de rodas pra minha mãe; o dia que perdi meu cãozinho e a sensação de impotência de qdo meu filho passou mal e a tristeza dele quando o pai dele morreu.

Me dão água na boca:
Cachorro quente; macarrão; sopa; pizza; bife acebolado com batata frita; quibe da D. Gaby; coca-cola; mate bem gelado; pão de queijo; linguiça; torresminho; carne de porco; amendoim; salada de pepino com tomate; pão quentinho; petit gateau.

Lugares especiais:
Guaçuí (ES); Arraial do Cabo; São Pedro da Aldeia; Petrópolis; Cabo Frio; Saquarema; São Paulo (SP).


Animal de estimação:
Toy (meu poodle) - minha paixão e ternura infinita.
Nasc. 20/07/94
RIP 20/11/06
Toy

Princesa
Nasc. 21/11/06
Princesa

Comunidade Mel Gama no Orkut
Orkut


O mundo em que eu vivo
Silveira Sampaio
Bate-Papo com o Além
Silveira Sampaio
Violetas na janela
Patrícia
Olha por mim
Luiz Gustavo
O Evangelho segundo o Espiritismo
Allan Kardec
Muitas Vidas, Muitos Mestres
Brian Weiss
O que encontrei do outro lado da vida
Vera Lúcia Marinzech


Frase:
Te amo demais!!!!

Fale com a Mel

Alvaro Ennes Fotografia


 Escolha o grupo:
 


»-(¯`v´¯)-» Já Passou!!!

Histórico:

01/09/2008 a 30/09/2008
01/08/2008 a 31/08/2008
01/07/2008 a 31/07/2008
01/06/2008 a 30/06/2008
01/05/2008 a 31/05/2008
01/04/2008 a 30/04/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/12/2005 a 31/12/2005
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/08/2005 a 31/08/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/02/2005 a 28/02/2005
01/01/2005 a 31/01/2005
01/12/2004 a 31/12/2004
01/11/2004 a 30/11/2004
01/10/2004 a 31/10/2004


Categorias
Todas as mensagens
Datas Comemorativas
Dicas
Minha Vida
Novidades

Sites Legais:
- Augusto Neto
- André Luiz
- Bebês de Anne Geddes
- Dollz
- Doutores da Alegria
- Gifs Animados
- Hello Kitty
- Imagens Religiosas
- Smiles
- Sou da Paz
- Suipa
- Websister
- Blog da Marise

Meu botton!

Mel Gama

Contador:

Blinkies



Indique esse Site


Nova Fase em minha vida...

No último dia 18/09 fizeram dois meses que minha mãezinha descansou. Amanhã é aniversário do meu filho e ele fará 20 anos.

Depois de quase 20 dias na Europa e por tudo que passei, muita coisa se modificou (e tenho certeza que ainda irá se modificar) na minha cabeça.

A hora é de renovação e, portanto, decidi começar um novo blog http://melgama.blogspot.com/ e gostaria de contar com a sua presença e carinho.

Este blog me acompanhou por muito tempo e ficará aberto a todos que desejarem. Porém, todas as páginas hospedadas na UOL (há muito já avisei sobre isto), serão deletadas e somente o meu site terá as atualizações sempre que me for possível.

Fique com Deus e receba meu carinhoso beijo

Mel



Rabiscado por Mel às 13h24
[ ] [ envie esta mensagem ]


Meu Adeus a quem eu mais amei...
 
É... quase um mês se passou desde que eu tomei coragem de vir até aqui e dizer como tudo aconteceu e o que eu senti e tenho sentido com a passagem de minha mãezinha...
 
Como a maioria deve saber, minha mãe era portadora de Parkinson em estágio avançado e já não andava mais há 5 anos, além de sofrer de artrose deformante em ambas as mãos, ficando, assim, dependente de nós para todo e qualquer movimento.
 
Tudo começou numa manhã de quarta-feira (02 de julho). Quando mamãe acordou, percebemos que havia um pequeno sangramento na gengiva superior. Imaginamos que tivesse machucado na hora da escovação. À tardinha, começou a sangrar na gengiva inferior, agora com mais intensidade. Telefonei para minha dentista e ela falou para eu levar a mamãe até seu consultório para ela dar uma olhada. Abatida, ela ainda ficou aguardando sem reclamar na sua cadeirinha de rodas a hora de ser atendida. Nossa dentista fez uma limpeza de tártaro com bicarbonato e disse que poderia ser uma gengivite. Prescreveu uma pasta de dentes específica que, quando saí do consultório, já passei na farmácia e comprei. Neste curto espaço de tempo, ela já cuspia bastante sangue num guardanapo que eu tinha levado.
 
Rita, nosso anjo da guarda, passou a noite ao lado dela e a noite toda ela ficou sangrando bastante. Logo pela manhã, contactei a dentista que foi imediatamente à minha casa e ficou impressionada com a quantidade de sangue que saía da boca de mamãe. Então ela pediu que eu telefonasse para o médico que a acompanhava. Ele solicitou exames de sangue urgente de um laboratório.
 
Por volta das 4 da tarde, o laboratório entrou em contato dizendo que mamãe estava com 5 mil plaquetas quando o normal são 150 mil. Pedi a Rita que desse uma sopinha de legumes para ela e liguei para o médico, já sabendo que ele iria mandar levar para o hospital.
 
Chegando à emergência do hospital São Lucas, fizeram nova coleta de sangue e assim que chegou o resultado ela foi para o CTI. Saimos do hospital por volta de meia noite e eu com o coração apertado pq era a primeira vez que minha mãe ia ficar sozinha num hospital... :(
 
Sexta-feira (04 de julho) pela manhã, fui correndo para o hospital. Lá fui informada de que ela estava com Púrpura e que iria precisar tomar sangue e plaquetas. Entretanto, isto foi feito, mas as plaquetas que ela recebia eram destruídas pelas plaquetas dela. Entrei em contato com uma especialista em doenças hematológicas e ela iniciou nova medicação.
 
Era muito triste chegar no hospital e ver aquela boquinha cheia de sangue agarrado nos dentes e não poder limpar. E, mesmo assim, ainda ver ela sorrir.
 
Diariamente, por 16 dias, eu saia de casa por volta das 10 horas, passava na Igreja, acendia 10 velas para a mamãe e seus protetores e ficava sentada no corredor do hospital aguardando ansiosa a hora da visita que era de 11 ao meio dia. Depois eu descia, comia alguma coisa, voltava para o hospital e ficava lendo o Evangelho Segundo o Espiritismo até a hora da visita da tarde, que ia das 15 às 16h. Nas duas visitas, eu sempre rezava uma Ave Maria e um Pai Nosso que, enquanto ela estêve consciente, acompanhou.
 
Eu tinha visto vários raio X tirados do pulmão de mamãe e sabia que o quadro dela estava piorando. Contactei um enomado pneumologista e ele confirmou o estado precário dos seus pulmões e da gravidade da situação.
 
Estávamos em julho e eu com exposição marcada para setembro em Paris. Tudo se tornou uma incógnita em minha vida. Enviei um e-mail à curadora da minha exposição e avisei a ela que havia a possibilidade de eu não estar presente pois eu só me distanciaria dela se ela já tivesse partido. Entretanto, para minha surpresa, ela respondeu ao meu e-mail dizendo que mamãe faria a passagem quando houvesse a mudança da lua.
 
Na véspera de minha mãe partir, conseguimos fazer com que meu filho fosse até o hospital visitá-la pois ele estava se recusando alegando que ela estava em coma induzida e nem iria saber que ele esteve lá. Acontece que a minha mãe sempre foi forte como um leão - uma guerreira! Estava tomando 8ml de Dormonid na veia por hora e assim que entrei no box e falei pra ela - Que chique, hein? Viu que o Ygor veio te visitar? - Ela abriu os DOIS olhos, olhou fixamente pra mim e depois fechou como se estivesse respondendo à minha pergunta. Saí correndo para chamar o meu filho e falei pra ele que ela havia aberto os olhos. Voltamos ao quarto e eu falei: - Mãezinha, o Ygor tá aqui pra te ver! - Ela abriu aquele olhinho preguiçoso, olhou pra ele e fechou os olhos de novo. Mas enfim ele acreditou que ela estava participando e sentindo tudo que se passava em volta dela.
 
A esta altura, mamãe já estava completamente inchada, fazendo hemodiálise durante 24h e os médicos querendo fazer a traqueostomia nela, o que só foi adiado em virtude do e-mail dizendo que ela faria a passagem na mudança da lua.
 
Eu procurava me manter calma e passar isto sempre para ela tb... Comecei a perceber que tudo tinha uma razão de ser e que não era à toa que ela passou aqueles 16 dias no CTI - foi a forma encontrada pelos amigos superiores para que eu, Ygor, Ritinha, Alvaro e Angela fôssemos nos acostumando com a casa sem a presença física dela.
 
Dia 17 à noite, conversei com meu filho e meu marido pois tínhamos decidido não fazer velório se ela partisse para que ficasse uma boa lembrança dela para nós. Alvaro nos convenceu de que ela gostaria do velório pq ela gostava de festas, de reunir a família terrena dela.
 
Dia 18/08, exatamente às 10h da manhã, estava eu sentada no computador acabando de imprimir uma mensagem de agradecimento aos enfermeiros e médicos do São Lucas quando o telefone tocou e era a médica plantonista que cuidava dela. Não foi preciso dizer nada pois eu já sabia. Já tinha separado toda a documentação dela e o vestido que ela tinha pedido para ser enterrada - peguei tudo, sem derramar uma lágrima, e fui para o hospital. Liguei para meu marido e ele disse que tb iria se encontrar comigo lá.
 
Quando entrei no CTI, o enfermeiro foi falar com a médica que achava que eu não sabia que a minha mãe havia partido tão calma eu estava... Tivemos de esperar acabar o horário de visitas para poder retirar o corpo do CTI. Fui informada de que, ao retirarem o tubo, ela sangrou muito pois seu pulmão estava lotado de sangue e, por isso, tiveram de colocar muito algodão na boca e no nariz dela... :(
 
Fomos para a capela arrumar o corpo para o velório - rapidamente acertei todos os detalhes com o agente funerário enquanto Alvaro foi em casa buscar a Ritinha, tia Lenise e Fernanda, que me deram o maior apoio todo o tempo. Colocamos o vestido nela que ela pediu e fiz uma maquiagem tentando esconder os machucados que a parafernália do tubo fizeram em seu rosto.
 
Foi um velório rápido - das 14 às 19h. Meu filho não quiz ir. Na verdade, foi por ela e não por mim. Tive que enxugar o sangue que escorria de sua boca várias vezes e a imagem daquela massa disforme e incompatível com o que eu tenho dela não saiu da minha cabeça por vários dias. Nosso corpo não é nada - só matéria. Nosso espírito sobrevive a tudo e cada vez mais agradeço a Deus ter me colocado no caminho certo da minha religião que tanto me conforta neste momento.
 
Pelo espiritismo, é preciso que o corpo fique na geladeira por 72h e mamãe já tinha concordado com isto. Na segunda-feira, dia 21/08, às 10h fizemos uma cerimônia pequena com a presença de uma Ministra da Igreja Católica e, após a unção, fiz uma linda prece para que ela seguisse o seu caminho.
 
Na terça, dia 22/08, eu, Alvaro e Ritinha fomos buscar as cinzas e cumprir o seu último desejo - lançá-las do alto do Cristo Redentor. E o que restou dela está lá - embaixo da mão direita do Cristo.
 
A missa de Sétimo Dia foi celebrada respeitando a sua religião e então pude concluir que minha missão havia terminado e, graças a Deus, com sucesso. Claro que eu não poderia ter concluído esta missão sem a ajuda de amigos terrenos e espirituais, que me ampararam e confortaram durante vários momentos em que eu pensava que não ia aguentar.
 
Altos e baixos acontecem agora. Mais altos do que baixos, devo lembrar. Mas é muito duro ver o quartinho dela e sentir o cheiro dela ainda no travesseiro.
 
Durante 90 dias, todas as coisas dela serão intocáveis. Nada vai mudar de lugar ou ser dado para quem quer que seja. Mamãe era materialista e muito ligada às suas coisas. Este é o tempo que os Espíritas pedem para que ela se desprenda e não sofra com a separação.
 
E Deus é tão bom que deixou tudo organizadinho para mim - vou fazer minha viagem com o meu amor, sem preocupação com ela... e quando eu retornar, vou estar mais forte para poder recolocar as coisas no seu devido lugar.
 
Fico imaginando ela agora deitada numa cama de hospital, no plano Superior, recebendo o cuidado de amigos espirituais e tentando sentir a alegria dela ao ver que suas mãos já não estão mais deformadas e que ela pode andar novamente, além de rever tantos que ela tanto amou e foram importantes em sua vida. Isto realmente me conforta.
 
Não queria terminar tudo isso sem alguns agradecimentos a pessoas que foram extremamente importante para mim neste momento: meu marido Alvaro, minha "anja" Ritinha, meu filho Ygor, minha nora Mariana, tia Lenise, tio Gil, Nanda, Angela, DuCarmo e Adilson, Diva Pavesi, Marcel e Eudes, Jurassy, Teresa, Cristina, Dra. Walria, Dra. Roseny, Dra. Marcia, Dr. Marcos, Dr. Emir e Enfermeiro(a)s do CTI do 4º. andar do Hospital São Lucas, meus amigos do Orkut, meus amigos do meu site, a AMIL e a todos que estiveram de forma direta ou indireta ligadas à esta importante passagem. Desculpem se esqueci alguém...
 
 


Rabiscado por Mel às 18h23
[ ] [ envie esta mensagem ]


Missa de Sétimo Dia de minha mãezinha
Minha mãezinha Laysi de Souza Campos fez a passagem em 18/07/08.
Respeitando a opção religiosa de minha mãezinha, solicitei a realização da missa de Sétimo Dia. Sei que ela está sendo muito bem cuidada agora e reencontrará todos seus amigos e familiares a quem tanto amou em breve e estará livre finalmente de tanta dor e sofrimento. Que esteja em Paz.
 
Local: Paróquia Nossa Senhora de Copacabana - Capela do Santíssimo
rua Hilário de Gouveia, 36 - Copacabana
Data: 24 de julho de 2008
Horário: 11hs
 
Beijos
Mel
 
P.S.: Hj é aniversário do grande amor da minha vida e minha alma gêmea e amanhã (dia em que minha mãezinha será cremada), é aniversário da Ritinha, o anjo que sempre cuidou de minha mãe - Meu eterno amor e gratidão a estas pessoas que são tão importantes em minha vida!


Rabiscado por Mel às 14h43
[ ] [ envie esta mensagem ]


URGENTE

Minha mãezinha está internada desde quinta-feira com forte hemorragia devido à baixa plaquetária.
 
Preciso de DOADORES DE SANGUE de qualquer tipo para que possam repor as plaquetas utilizadas pela minha mãe. Os doadores (do Rio de Janeiro), devem se dirigir ao Centro de Hematologia da Clínica São Vicente, na Gávea - procurar Heloísa (fone: 9613.9820) - de 8 às 14hs, de segunda a sexta - e dizer que está ali a pedido da paciente Laysi de Souza Campos (minha mãe), internada no CTI do 4º andar do Hospital São Lucas.
 
Caso alguém queira entrar em contato comigo, meu celular é (21)9867-4956.
 
Aqueles que não forem do Rio, por gentileza, repassem.
 
E a todos vcs, o meu pedido de prece para que os espíritos de luz estejam ao seu lado neste momento, aguardando a decisão do Maior.
 
Bjo no coração
Mel
www.melgama.com


Rabiscado por Mel às 08h51
[ ] [ envie esta mensagem ]


Convite

Gostaria de convidar vocês do Rio de janeiro para assistir à peça que eu estou dando apoio cultural: Um Espírito Dormiu Lá em Casa.

O preço do ingresso é de R$30,00 (inteira) e R$15,00 (meia - idosos, estudantes ou artistas), porém, se vc quiser comprar o ingresso diretamente comigo, o preço de inteira tem 50% de desconto, ou seja, apenas R$15,00. Para adquirir seu ingresso, entre em contato com o telefone (21)9867-4956 - se estiver fora de área, eu retorno assim que puder.

Fiquem com Deus e receba meu beijo carinhoso

Mel



Rabiscado por Mel às 08h04
[ ] [ envie esta mensagem ]


Alemanha... agora Paris... :)

Uma de minha imagens foi publicada num belíssimo livro da editora Thiele-Verlag - "Fraud sind Engel" - perfeito acabamento e ilustrações acompanhadas de poesias em alemão. Simplesmente LINDO!
 

Fui convidada para expor em PARIS!  

Próxima Exposição:
Galerie Everarts
8 Rue d´Argenson, 75008 - Paris - França
Data: 01 a 15 de setembro de 2008
Vernissage: 05 de setembro de 2008 às 19h

-------------------------------------------
Aproveito para convidar aqueles que ainda não fazem parte da Comunidade Mel Gama que a Marise criou para mim no Orkut - completamos mais de 1000 componentes e estamos muito felizes!  Passo todos os dias pela Comunidade e respondo a todas as perguntas que me são possíveis, porém prefiro deixar meu Orkut pessoal para contatos profissionais e amigos pessoais que, aliás, tem recebido excelente resposta!

Um de meus grandes sonhos seria poder participar do programa da Ana Maria Braga (de quem sou fã) e fazer uma homenagem para minha mãezinha que assiste ao programa dela diariamente... infelizmente ainda não chegou minha hora mas qq hora destas, quem sabe, né?

Quero agradecer a todos vcs tudo isto que vem acontecendo na minha vida e que, sem vocês, com certeza, nada disto seria possível!

Amo vocês!

Beijo no coração

Mel



Rabiscado por Mel às 11h21
[ ] [ envie esta mensagem ]


Flores para Isabella Nardoni

Isabella Nardoni
 
Tenho acompanhado atentamente o caso Isabella pela televisão e jornais desde o início. Posso dizer que, quando vi as imagens dela no supermercado de mãos dadas com a madrasta, falei para mim mesma: - Não acredito que estes dois tiveram alguma coisa com a morte da Isabella.
 
Infelizmente, este é um dos meus grandes defeitos - eu acredito na integridade das pessoas até que se prove em contrário. Apesar de parecer ser um pré-julgamento, pelas provas analisadas pela polícia, tudo leva a crer que Isabella foi morta pela madrasta e jogada pelo pai.
 
E então eu me pergunto: - Que diabos de pai é esse que tem coragem de fazer isso com uma criatura indefesa, já desacordada, linda???
 
Pela religião espírita, a explicação vem de outras vidas - Isabella serviu para que eles resgatassem dívidas de outras vidas. Óbvio que, se forem realmente eles, irão pagar por isto durante muito tempo até que recebam o perdão de Isabella e que saibam pedir perdão a Deus pelo que fizeram.
 
Nisto me vem na cabeça os dois filhos de Ana Carolina - o bebezinho não vai se lembrar de nada mas e a outra criança de 3 anos e que, provavelmente, assistiu a tudo? Como vai ficar a cabeça desta pobre criança?
 
Deixo aqui minha repulsa a estes acontecimentos e uma mensagem especialmente para a mãe de Isabella:
 
- "A morte não existe. Não tenha medo. A morte é como uma ponte, uma estação… estação de trem, aonde se chega para passar a uma outra vida." (do livro Vida após a Morte).
 
Fiquem com Deus!
 
Beijos
Mel


Rabiscado por Mel às 08h49
[ ] [ envie esta mensagem ]